28 março 2006

Saltar à corda com outra pessoa, sem tropeçar ou pisá-la.
(Cuidados a ter em casa! Aqui ficam sugestões:
  • Escolher muito bem a pessoa que vamos pisar. Certificarmo-nos que os agudos dela não ultrapassam os décibeis máximos que toleramos;
  • De preferência descalcem-se;
  • meias anti-derrapantes, principalmente se o chão for encerado;
  • Ir reduzindo o tamanho da corda com o ganho de experiência;
  • Prometer uma massagem aos pés no final, principalmente os mais desajeitados!!!)

4 comments:

Pois é, que saudades de saltar à corda!
Isto fez-me lembrar uma memória que tenho tua quando devias ter aí uns 6 aninhos...
Lembras-te daquelas coisas que se punham num dos pés e depois se andava à roda? Houve uma altura que surgiram umas que contavam quantas voltas davas. Lembro-me de uma vez te ver, ao pé do ("falecido") ginásio do Beiral, a bater todos os recordes daquela coisinha que rodava!
LOL...as coisas que uma pessoa se lembra!
Parabéns pelo Blog.

Greets to the webmaster of this wonderful site. Keep working. Thank you.
»

Hmm I love the idea behind this website, very unique.
»

I find some information here.